Anti TPO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Anti TPO

Mensagem  Sarah Mendes em Dom Fev 24, 2013 9:46 am

Pessoal, em nossa última consulta, foi requisitado exame - análise Anti TPO - para a paciente e eu resolvi pesquisar sobre isto!

Obs: O artigo em que tirei por base para ITU baixa sobre aquela paciente que atendi com a Carolina está comigo e quem quiser xerocar, fique à vontade! Ele está muito bom e no dia que discuti sobre a ITU baixa depois do atendimento, usei muita coisa deste artigo!

ANTI TPO:

Desde sua descrição, há mais de 40 anos, a pesquisa de anticorpos (Ac) contra antígenos (Ag) tiroideanos tem tido papel importante no diagnóstico da patologia tiroideana. A tiróide é freqüentemente acometida por doenças autoimunes, daí o interesse pela definição dos Ag tiroideanos que podem estar envolvidos no processo. O primeiro Ag reconhecido foi a tireoglobulina, seguido do "fator microssomal", mais tarde identificado como a peroxidase tiroideana, o receptor de TSH e mais recentemente outros Ag como o cotransportador de sódio e iodo (sodium/iodide symporter, NIS). As metodologias evoluíram dos ensaios iniciais por hemaglutinação até o emprego atual de Ag recombinantes, marcadores alternativos e células transfectadas. Atualmente as indicações clínicas da pesquisa de Ac anti-tiroideanos são bem definidas, sendo o de maior aplicação a pesquisa de Ac anti-peroxidase, que é o que apresenta maior especificidade e sensibilidade para a definição da presença de doença autoimune tiroideana. A pesquisa de Ac anti-tireoglobulina é fundamental como complemento da dosagem de tireoglobulina no acompanhamento de pacientes com carcinoma diferenciado de tiróide. Já a pesquisa de Ac anti-receptor de TSH tem indicação precisa na definição da presença de doença de Graves. As indicações de pesquisa de Ac contra outros Ag tiroideanos não têm, atualmente, indicações comprovadas. A contínua evolução metodológica deverá aumentar ainda mais as indicações e utilidades da pesquisa de Ac contra Ag tiroideanos.

A peroxidase tiroideana (TPO) é uma glicoproteína de membrana composta de 933 aminoácidos e com peso molecular entre 105 e 110kDa na sua forma monomérica, e de 220 a 230kDa na forma dimérica funcional. A TPO é uma molécula complexa e vários epítopos foram descritos em sua estrutura, sendo alguns caracterizados como dominantes.

Alguns estudos amplos e bem conduzidos mostraram claramente a importância da determinação da presença de anticorpos anti-TPO como dado preditor da evolução para hipotiroidismo. Este fato coloca o teste como indicado em algumas circunstâncias clínicas, onde uma predisposição para o desenvolvimento de doença tiroideana autoimune pode alterar uma conduta terapêutica ou indicar um seguimento mais cuidadoso. Isto ocorre, por exemplo, em pacientes que iniciarão terapêutica com amiodarona, lítio, interleucina-2 e interferon alfa, ou em grávidas, condições que sabidamente trazem como risco o desenvolvimento de hipotiroidismo. Um outro aspecto de interesse prático é o aumento da incidência de casos positivos com a idade. Esta observação coincide com a maior incidência de doenças tiroideanas autoimunes com a idade.

Gostei muito deste artigo aqui: VIEIRA, José Gilberto H.; KASAMATSU, Teresa S.; HAUACHE, Omar M. and MACIEL, Rui M.B.. Anticorpos anti-tiróide: aspectos metodológicos e importância diagnóstica. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2003, vol.47, n.5, pp. 612-621. ISSN 0004-2730.

Beijos, Sarah alien

Sarah Mendes

Mensagens : 4
Data de inscrição : 01/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum