Síndrome de Irlen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Síndrome de Irlen

Mensagem  Lorena Bueno em Sab Fev 02, 2013 5:48 pm

Objetivo de estudo: Síndrome de Irlen

Paciente NES, 9 anos, feminino, chega ao consultório com queixa de "dor no joelho", mas nos cham a atenção seu diagnóstico pregresso e relatório de avaliação médica datado de 04/11/11: "Avaliada para síndrome de Irlen com resultado positivo, sendo recomendado o uso de transparência (Overlay) Purple fosca. A paciente apresenta disfunção perceptual e dificuldade no processamento visual. Não é alteração diretamente da acuidade visual, é uma alteração no processamento das informações oriundas do sistema visual por parte do SNC."

A Síndrome de Irlen é um distúrbio visual-perceptivo cuja base neurológica acredita-se ser um déficit no córtex visual primário.A sensibilidade do sistema visual a certos comprimentos de onda provoca distorções no processamento pós-retiniano, fazendo com que os impulsos elétricos cheguem ao córtex cerebral em momentos distintos, com perda da qualidade da interpretação visual caracterizando uma desorganização no processamento cerebral das informações recebidas pelo sistema visual. Os indivíduos vêm os textos embassados, com halos em torno das letras, com espaços que parecem rios, movimentando-se verticalmente, tremido, desbotado, com rodamoinhos, com as letras flutuando, sobrepostas ou como na apresentação de "Guerra nas estrelas".A síndrome afeta 12 - 14% da população geral, pessoas de todas as idades, com inteligência normal ou superior à média. Cerca de 33% tem problemas de comportamento e TDAH (É o caso da nossa paciente) . Equivocadamente, alguns pacientes com a síndrome são diagnosticados com dislexia. O Diagnóstico correto pode ser feito por meio do teste simples com uso das lâminas coloridas e como um questionário a respeito da dificuldade de leitura (Em anexo, é auto aplicativo, faça!). Não existe tratamento para a síndrome, mas a leitura pode ser facilitada com o uso de lâminas coloridas sobre o texto, a nova frequência que chega ao córtex facilita a interpretação dos dados, e a cor varia de paciente para paciente. (a nossa paciente usa uma na cor "purple fosca", mas não relatou melhora na leitura, pode ser q essa não seja a melhor cor para ela!)
Vale a pena conferir esse site : irlenbrasil.com.br ; tem uma simulação interessante sobre como a mudança da cor ajuda na leitura!
Anexos
auto_teste_risco_s_irlen.doc Você não tem permissão para fazer download dos arquivos anexados.(47 Kb) Baixado 0 vez(es)

Lorena Bueno

Mensagens : 1
Data de inscrição : 29/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum